top of page
marmore.png

Fisioterapia no Tratamento do Adulto com Disfunção Neurológica


Entre as principais lesões do sistema nervoso central, podemos nomear Acidente Vascular Cerebral (AVC), Paralisia Cerebral (PC), Traumatismos Cranioencefálicos (TCE), Lesões Vértebro-Medulares (LVM), a Doença de Parkinson (DP) e a Esclerose Múltipla (EM). A recuperação das patologias do foro neurológico, proporciona aos pacientes as ferramentas para otimizar a sua atividade, a sua participação e subsequente, a sua qualidade de vida.


Desta forma, a Fisioterapia na reabilitação Neurológica, enfatiza uma abordagem que visa promover processos adaptativos e a restauração do comportamento motor típico. O foco assenta recuperação do movimento típico, minimizando o movimento atípico e compensatório. Por movimento compensatório, entende-se que são estratégias comportamentais alternativas, que são adotadas para concretizar a tarefa desejada.


Estes movimentos compensatórios que surgem após lesão, são habitualmente confundidos com recuperação, no entanto, trata-se de uma contrapartida subótima para a recuperação propriamente dita do indivíduo. 


Após uma lesão do SNC, surge o processo de neuroplasticiade que pode ser entendido, como a capacidade do SNS responder a estímulos intrínsecos ou extrínsecos, reorganizando a sua estrutura, função e conexões. Os principais condutores deste processo, são os comportamentos motores que acarretam maior significado para o indivíduo. Isto quer dizer que a aprendizagem motora pode ser a principal ferramenta para promover a plasticidade adaptativa, para assim, obter melhores resultados funcionais. A neuroplasticidade é moldada por tudo o que fazemos.

Esta área de atuação da Fisioterapia, comtempla uma abordagem terapêutica individualizada, inclusiva e, que visa explorar todo o potencial do indivíduo. Neste sentido, o papel do Fisioterapeuta torna-se crucial para otimizar os resultados e promover uma recuperação eficaz.  


Não se deve apenas considerar, se o paciente é capaz de concretizar uma atividade ou tarefa, mas sim a forma como a completa, ou seja, as estratégias usadas para a sua concretização. O treino de repetição de uma tarefa motora pode não resultar em benefícios adicionais. Contudo, a qualidade do treino parece ser mais importante para melhorar a performance da tarefa motora.



 
Logótipo Centro Medular



39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page